Viva a Vida é uma Festa, uma animação sobre morte e esquecimento.

Viva a Vida é uma Festa, uma animação sobre morte e esquecimento.

Temos uma boa base de SPOILER, recomendamos cautela!

Coco (Viva: A Vida É uma Festa) é uma animação de 2017 Pixar / Disney baseado no feriado mexicano do Dia dos Mortos, e na história de Lee Unkrich, onde Miguel Rivera, um menino de 12 anos, acidentalmente vai para o mundo dos mortos e precisa encontrar seu tataravô falecido para conseguir voltar para o mundo dos vivos!

O elenco é totalmente composto por atores latinos. Venceu o Oscar de Melhor Canção Original com Remember Me (Lembre de Mim) e o de Melhor Filme de Animação. Um filme sobre boas lembranças, sonhos e família.

Em Santa Cecília, no México, Amelia Rivera (tataravó de Miguel) é a esposa de um músico que a abandonou com a filha Ines Rivera (bisavó de Miguel, que dá o nome original do filme: Mama Coco é diminutivo de Socorro) para seguir carreira. Por causa desse abandono, Amelia bane a música de sua vida e de sua família e começam a trabalhar com calçados.

Nada de música!

Amelia Rivera

Nessa família ainda temos Elena Rivera (avó de Miguel – abuelita) e o cachorro Dante da raça Xoloitzcuintli. Como já deu para perceber Miguel adora música em uma família onde é proibido até ouvir música! E sua jornada o levará a uma aventura cheia de visões diferentes das nossas sobre a morte e a velhice. Se você tem algum morto querido em sua família ou alguma vovozinha, prepare-se para chorar MUITO!

Parei de falar para não dar mais spoiler! A animação aborda de uma forma responsável idade, acidente, doença, perda de memória, medo da morte, esperança e por quanto tempo cada um viverá na lembrança familiar. O que nos ronda é o Esquecimento!

Doenças Degenerativas e as mais comuns em idosos.

Um dia seremos apenas um retrato na estante de alguém. Depois, nem isso.

Texto atribuído a Telomar Florêncio


Novidades da nossa loja virtual...

Deixe uma resposta

comment-avatar

*