[Dica de Leitura] Araruama: O Livro das Sementes – Ian Fraser

[Dica de Leitura] Araruama: O Livro das Sementes – Ian Fraser

Em Araruama, você irá encontrar outros tipos de seres fantásticos, todos inspirados nas culturas e mitologias nos povos sul e mesoamericanos. Mapinguarís, Quetzalcoatl, Anhanguëras, entre outros, permeiam esse universo singular. Nessa reimaginação da América do Sul, ao olhar para os céus, dependendo de sua sorte (ou azar), você não verá dragões, mas poderá encontrar Aráybaca, a gigantesca arara azul, e do chão, dos abismos mais escuros da terra, o Taturanaruxu pode emergir. Um mundo completamente novo, repleto de segredos e mistérios, aguarda por você.

Foi um dos melhores financiamentos coletivos de 2018, conta a história de um grupo de índios que precisam se estabelecer na tribo e dependem de rituais, epônimos e agouros.

Ao som das palavras de Majé Ceci após o parto, cada destino é selado: Kaluanã, nascido para uma vida mais longa que os números podem dar conta; Obiru, o capanema que morrerá jovem, destinado a descascar mandioca sob o olhar de desgosto do pai; Apoema, a que vê além e sonha em voar.

O Livro das Sementes, nos transporta para a realidade dura e encantada, onde a floresta é cheia de forças que mexem com o equilíbrio da terra. O ciclo dos dias recebe novo sentimento a “fome sem apetite”, paixão pelas pedras derretidas. Anuncia tempos sombrios por vir, e os destinos das crianças de Araruama estão tão entrelaçados como raízes retorcidas.

“Destruir é sempre mais fácil que construir. Uma simples lança pode roubar todos os amanhãs de uma luz forte, e basta apenas uma mentira para desturir uma confiança duramente conquistada. Como é que você pode passar um tempo sem fim esfregando madeira para criar fogo, mas um suspiro errado pode facilmente apagá-lo?”

“Um homem que só tem olhos para a certeza não sabe apreciar a cor da dúvida. O seu amanhã é só seu, Apoema, e o que você fizer, fará por escolha própria. Eu posso ver seu amanhã como você vê o seu ontem, mas, às vezes, nós vemos coisas que aparentam ser algo, mas quando nós nos aproximamos, elas se revelam outro algo.”


Novidades da nossa loja virtual...

Deixe uma resposta

comment-avatar

*