Como anda o mercado de games no Brasil?

Como anda o mercado de games no Brasil?

De acordo com dados do II Censo da Indústria de Jogos Digitais, o mercado de jogos digitais expandiu em todas as regiões do Brasil, o que mostra um desenvolvimento muito significativo da indústria de games em nosso país. Além disso, entre os anos de 2013 e 2018, o número de desenvolvedoras brasileiras aumentou de 142 para 375!

Uma pesquisa realizada pela empresa Homo Ludens mostrou que foram desenvolvidos 1.718 jogos no Brasil apenas em 2017 e 2018. Para você ter uma ideia sobre os dispositivos que mais chamam atenção do público, dentre todos os jogos criados:

  • 43% foram para mobile;
  • 24% foram para computadores;
  • 10% foram para RV (realidade virtual);
  • 5% foram para consoles.

Com tantos jogadores e dispositivos para games, os brasileiros estão frente a frente com um ótimo cenário profissional para os interessados na área. Quer saber mais sobre o assunto? Então confira o nosso panorama sobre o mercado de games no Brasil!

Área nova para ser explorada

A área de games, apesar do crescimento contínuo, ainda é muito nova em nosso país e, por isso, apresenta grandes oportunidades de crescimento. Para você ter uma noção, o Brasil ocupa o quarto lugar no mundo em relação ao consumo de jogos digitais, ficando atrás apenas dos EUA, Japão e China. Se não bastasse esse cenário otimista, ainda há outro aspecto que chama atenção quanto ao cenário de games no Brasil: mesmo em tempos de crise, o mercado continua progredindo e, consequentemente, novas oportunidades continuam surgindo. Isso porque os games aproveitam muito bem as plataformas online para publicar e vender jogos, com mais de uma forma de lucro (loja de itens, mensalidades, compra do game, entre outros). O setor de games também foi impulsionado com a chegada de alguns incentivos financeiros do governo que contribuem para o avanço desse mercado e das iniciativas, como a Abragames (Associação Brasileira de Games) e a AciGames (Associação Comercial, Industrial e Cultural dos Jogos Eletrônicos no Brasil).

Indústria de games no Brasil cresce 30% e já chega a quase mil títulos

Apoiado no avanço tecnológico e graças à engenhosidade dos desenvolvedores brasileiros, o game nacional derrubou barreiras planeta afora, deu um nocaute na escassez de investimentos, avançou na estrada do reconhecimento e chega no fim desta década à fase da maturidade, com a indústria crescendo quase 30% ao ano, segundo o último censo do setor, divulgado há seis meses pelo Ministério da Cultura.

Mercado de jogos de apostas

As apostas esportivas no Brasil chegarão à marcas bilionárias de faturamento. Tudo isso tão logo a nova lei seja aplicada e o mercado comece a amadurecer, segundo o relatório Latin America Online Gambling Outlook 2019. Pois, o mercado de apostas esportivas brasileiro pode alcançar um valor de 1.560 bilhões de dólares sob medidas regulatórias favoráveis. Além disso, o relatório inclui um resumo do marco regulatório para jogos online em outros países latino-americanos, como Argentina e Colômbia.

O mercado brasileiro de jogos de azar está prestes a explodir. Proibidas no país há mais de 77 anos, as atividades ligadas às apostas e jogos de azar recreativos parecem voltar ao Brasil pouco a pouco. Prova disso são os patrocínios de casas de apostas em exatos 10 dos 20 clubes da Série A do Campeonato Brasileiro 2019.

Mas o fenômeno não é apenas nacional. Na Premier League, a 1ª divisão da Liga Inglesa, metade dos clubes também estampam patrocínios de casas de apostas em sua camisa. Na 2ª divisão, a dominância é ainda maior, 17 dos 24 times do Championship têm algum tipo de patrocínio de jogos de azar. Novidade no Brasil, onde as únicas atividades de jogo legal nos últimos anos foram as loterias como Mega-Sena, Loteca, Lotofácil, e apostas em corridas de cavalo nos jóqueis.

E você já jogou na loto? Que tal usar esse gerador da Lotofácil  do site geradordasloterias.com.br

Com a provável legalização, a renda que iria parar nos cofres federais e estaduais em forma de impostos trazem estimativas animadoras. Segundo um relatório da GamblingCompliance, o mercado brasileiro de apostas esportivas já gera algo em torno a US$ 1 bilhão (algo em torno a R$ 4 bilhões)  em receita. As novas previsões do relatório é de que a receita possa dobrar assim que a nova legislação for implementada e o mercado começar a amadurecer.

A indústria de jogos é um dos maiores mercados de entretenimento mundial. São milhões de pessoas consumindo e atuando dentro desse cenário em ascensão. E você, que relação possui com os videogames? Comente aqui embaixo qual seu jogo favorito.


Novidades da nossa loja virtual...

Deixe uma resposta

comment-avatar

*