Caverna do Dragão – Dungeons and Dragons

Caverna do Dragão – Dungeons and Dragons

Ainda me pego ouvindo as diversas versões do final de Caverna do Dragão, série de desenho animado que não teve seu final gravado e que permeou a mente de diversas pessoas ao redor do mundo. A série lançada para promover o livro jogo do RPG de mesmo nome (em inglês) Dungeons And Dragons, ou D&D, qua após sua revisão e nova versão recebeu o nome de AD&D, ou Advanced Dungeons And Dragons, e finalmente em suas últimas remodelages voltou a ser chamado de D&D.

A série assim como o livro cativaram mente e coração de muita gente, mas infelizmente o episódio final, chamado em português de Requiém, não foi produzido e isso fertilizou muita imaginação, cada uma delas com um final próprio, existe até um final onde todos estão no inferno e coisas do tipo. Por se passar em época mais conservadora e ser voltado a crianças, esse fim nunca seria aceito.

Não aguento mais falar que eles…

“NÃO FORAM PARA O INFERNO!!!”

Conhecido aqui no Brasil (TV) como Caverna do Dragão, o desenho animado era a propaganda do Jogo de RPG, com o tema claro e evidente das crianças que entravam em uma aventura como nas rodas (mesas de jogo) de RPG.

Como todo produto que vem de fora a forma mais usada de marketing são desenhos animados ou filmes promocionais que toda garotada que tem infância (ou teve) presencia antes de ir a escola ou ao regressar da mesma (desenhos ou filmes que visam vender bonecos articulados, jogos, roupas e brinquedos dos mais diversos). Caverna do Dragão visava vender o livro jogo…

Quem nunca se imaginou correndo de Tiamat (na versão do livro a rainha dos dragões – um deus dos dragões cromáticos), ou enfrentando o Vingador com sua arma artefato mágico?

Esse é o enredo dos livros de RPG, cujo D&D – Dungeons And Dragons, foi um dos pioneiros as crianças perdidas são os jogadores (também chamados de Pj ou Pc, ou personagem jogador ou player charactere) que se aventuram em um novo mundo, o mundo fantástico heróico-medieval narrado no livro, o Mestre dos Magos, seria o Dungeon Master, ou Mestre do Jogo, que é a pessoa que já teria lido o livro (na maioria das vezes é o cara que comprou o livro pra jogar com seus amigos), sua função é ser o juíz da partida impedindo que um dos jogadores acabe com a diversão dos outros…

A Uni, o Vingador, Tiamat, e todos os outros Personagens que aparecem durante as histórias, são chamados de Npc – Non Player Charactere ou Pdm – Personagem do Mestre (personagens que não são dos jogadores e devem ser interpretados pelo mestre). A interpretação dos diversos personagens é a função do mestre do jogo, é essa interação dos Npc’s com os Pc’s que dá graça a história ou aventura. Na realidade o Mestre dos Magos só está ali para ilustrar a função do mestre do jogo, pois no livro o mestre não é uma presença pessoal, mas sim o arquiteto das aventuras do grupo de jogadores…

O filme dá uma maior visão do que pode acontecer em uma aventura, mostrando de loge as classes e raças existentes no livro…

Sistema (tipo): D&D – (Dungeons And Dragons ou D20 sistem), jogado com dados de cem lados, vinte lados, doze lados, dez lados, oito lados, seis lados e quatro lados.

Passeando pela net encontrei Réquiem desenhado!!!

Eu achava que estava demorando muito, mas valeu a pena, por Reinaldo Rocha, que de forma sublime desenhou e coloriu cada um dos nossos antigos heróis de Caverna do Dragão…

Para todo aquele que se amarra em uma boa história em quadrinhos, ou mesmo os que gostariam de ver mais vividamente a história contada do verdadeiro final, fiquem com Dungeons & Dragons – Réquiem e divirtam-se!

Final_Caverna do Dragão_ReinaldoRocha

revista por: Reinaldo Rocha

em: www.reinaldorocha.blogspot.com


Novidades da nossa loja virtual...

Deixe uma resposta

comment-avatar

*