Afinal, o que é esse “Guia do Mochileiro das Galáxias” e “Dia da Toalha”?

Afinal, o que é esse “Guia do Mochileiro das Galáxias” e “Dia da Toalha”?

A história de Arthur Dent, um inglês estranho, nerd, que descobre que um de seus amigos: Ford Prefect, é um E.T., e que a Terra será destruída pelos Vogons por estar no caminho da construção de uma via rápida intergalática (um BRT celeste, saca? A Terra é um daqueles prédios centenários e cheios de história, mas que “impede” a modernidade, o progresso, precisando ser removida permanentemente para o bem do desenvolvimento Universal, te dá referência para algo atual? É só impressão sua!).

Arthur e Ford fogem da demolição do planeta, de carona clandestina nas naves Vogons (que são os funcionários galáticos que ficam responsáveis por destruir coisas, cheios de burocracia, não a administrativa, mas a do jargão conhecido como enrolar caminhos tornando a tarefa quase impossível, belicosidade, sim eles adoram seu poder de fogo e autoritarismo militar!). Quando encontrados, o comandante: Prostetnic Vogon Jeltz, joga eles no espaço!! De onde são resgatados pela nave Coração de Ouro, onde encontram Zaphod Beeblebrox, presidente da Galáxia e Trillian, a terráquea quase namorada de Arthur, que fugiu da Terra com Zaphod após conhecê-lo numa festa…

Nestes livros são revelados quem são as mentes pensantes do Universo e qual a posição dessas mentes em relação à inteligência humana.

Sim, a história é bem louca! Contando com um Androide Paranoide depressivo, que despreza a vida: Marvin, além disso, temos a Pergunta Fundamental sobre a Vida, o Universo e Tudo Mais, o guia de viagens: Guia do Mochileiro das Galáxias, assim como O Restaurante no Fim do Universo, um Thor, um motor: Gerador de Improbabilidade Infinita, uma bebida nova, a Dinamite Pangalática, a ovelha negra da família: Constante Mown, tudo imerso em humor, crítica social, tiradas engraçadas, dilemas, explicações vindas do guia, reflexões, sarcasmo, ironias, física nuclear, biologia, filosofia e uma matemática bem louca (A história se passa em uma trilogia de cinco: O Guia do Mochileiro das Galáxias de Douglas Adams, que depois é ampliada por um sexto livro-homenagem: E Tem Outra Coisa de Eoin Colfer).

Mas afinal, o que é o Dia da Toalha?

Foi comemorado a primeira vez na Espanha em 2006, tendo como base a data de lançamento do Episódio IV de Star Wars – Uma Nova Esperança e se espalhou rapidamente pela internet.

O dia 25 de maio representa duas comemorações diferentes, mas dentro de uma mesma essência. Há controvérsias se é mais significativo mencioná-lo como Dia da Toalha ou Dia do Orgulho Nerd.

O Dia da Toalha foi criado pela comunidade virtual h2g2, em 2001. O site é totalmente inspirado na obra do escritor de ficção científica Douglas Adams.

A toalha, conforme escreve Adams, “é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar”. Ela é um item indispensável de sobrevivência, porque além de cuidar da higiene, ela pode ser usada para funções distintas, como “combate corpo a corpo”, “proteger-se de emanações tóxicas” e “em situações de emergência para pedir socorro” –  Por isso ela se tornou um símbolo para os nerds e é usada nesse dia para homenagear o autor.


Novidades da nossa loja virtual...

Deixe uma resposta

comment-avatar

*