A explosão da música asiática ao redor do mundo – Conheça os principais estilos e grupos dessa geração.

A explosão da música asiática ao redor do mundo – Conheça os principais estilos e grupos dessa geração.

Yeah!! Vamos falar de música!!

A música oriental sempre fez parte da minha playlist, porém muitas pessoas estranham por não conhecerem direito… aí rola aquelas perguntas básicas (que língua é essa? Você entende o que eles estão falando? Por que eles estão vestidos assim e blá blá blá).

Então resolvi fazer esse post, para explicar (pelo menos o básico) e dar umas sugestões para pessoas que não conhecem a música oriental e o seu vasto mundo!! No entanto, também é direcionado aos ouvintes que podem conhecer outros grupos e suas histórias ou até mesmo me indicar outras bandas *—*

PS: Não coloquei o gênero Enka (mais tradicional) ou referências antigas, porque não conheço muito bem…  -__-)> gomen

J-Music

Vamos começar então com a música japonesa, pois foi a primeira que eu tive contato através dos meus preciosos animes. O Japão é sem dúvidas é um lugar mágico para mim, não só pelos seus animes e seu cenário musical, mas sim pelo respeito que se conserva no país, que apesar de ser extremamente conservador consegue conviver pacificamente com a inovação tecnológica e com a geração de vários estilos.

J-Rock ( japanese rock)

Imagina uma sociedade séria e autoritária onde seus jovens são vigiados, padronizados e limitados constantemente…    no que isso ia dar ?

Qualquer um enlouqueceria, até um forte nerd não ia aguentar tanta limitação! Nesse cenário, que a música virou uma grande válvula de escape para os japoneses. No entanto, esse manifesto não ocorreu somente na música ele foi além, entrando na leitura ao vestuário do cotidiano. Dessa forma, vários jovens conseguem se libertar e chocam a sociedade com seu desprezo ao que é considerado normal e aceitável.

Digo isso principalmente pelo visual kei (visual kei/bijuaru kei, “linhagem visual” ou “estilo visual” ) que é tão estranhado e avacalhado por aí. Entretanto, o gênero não se baseia somente nas roupas estranhas,  o J- Metal / J-Hard Rock  equivale ao Heavy Metal ocidental  de  qualidade, porém  sem esquecer suas raízes e a sua originalidade.

Dir en grey – com e sem o visual Kei

Os grupos que mais se destacam ( de acordo com meus conhecimentos) são : X-Japan, Dir en grey, The Gazette, Nigthmare, Uverwold, Flow, Versailles e L’arc en ciel, particulamermente essa ultima banda, que ficou notoriamente famoso entre o cenário otaku, por estar em várias trilhas de animes.

Amoo essa música do The Gazette :

Dir en grey:

Stereopony:

 

Opa ! Não posso esquecer o cantor Gackt que tem uma pegada mais pop rock e é um dos artistas mais aclamados do Japão.

J-pop ( Japanese pop)

Após as pegadas de guitarra e voz potentes de aberturas de animes eu entrei no pop japonês, com suas doces melodias interpretadas por cantoras kawaizudas, pois eu confesso que não conheço muitos grupos de j-pop mais vou botar aqui algumas referências de girls bands: Mornig Musume, Perfume, AKB48 e de boy bands como os grupos Kat-tun, Arashi e Hey!Say!Jump.

Arashi  (gosto muito dessa música ^^)

Voltando aos vocais femininos, eu sou até hoje apaixonada pelas músicas da Utada Hikaru, que me pegou de jeito desde o single First Love, sendo que ela também embala nos games com a música tema Passion ( Kingdom Hearts), outras divas que arrebentam são : Namie amuro, Koda Kumi, Ayumi Hamasaki, Mika Nakashima e a fofissima Yui que está sempre com seu
inseparável violão ( ou sua guitarra).

Yui – Rolling Star – Bleach ( não achei clip dela ;__; mas tem um show aqui pra vocês !! )

Namie Amuro (lindo esse clip).

https://www.youtube.com/watch?v=iWUDiF_5qPI

K-Music

Até então quem era a maior influenciador de estilos musicais no Oriente era o Japão, porém de uns tempos para cá a Coréia do Sul vem se destacando no cenário da música pop, tanto que estão dominando as paradas da terra do sol nascente e se disseminando rapidamente pelo mundo, sendo que o foco dos grupos Kpop não se limita apenas ao vizinho asiático. Outro alvo constante é os Estados Unidos. Tendo vários shows e turnês pelo país norte-americano, conseguindo uma grande recepção do público, e essa onda também já chegou nas terras latinas, tendo uma maior concentração de fãs no México, Peru, Brasil e Argentina.

Detalhe, que ano passado (2011) foi um marco para o K-pop no território brasileiro, sendo que o nosso país foi presenteado com o show United Cube Concert no estado de São Paulo, representado pela CJ E&M, o grupo de mídia e entretenimento nº 1 na Ásia, juntamente com a CUBE Entertainment, empresa que agencia o B2ST, 4Minute e G.NA. ( eu não fui ;__;)

K-pop ( Korea pop)

De primeira você vê monte de oriental dançando com um visual super produzido dando um pinta de moderninhos, mas isso é uma visão muito simplória de um gênero vasto e fértil. Agora vamos a aulinha, o termo K-pop é usado para definir o cenário da música pop da Coreia do Sul, que surgiu no início dos anos 90. No entanto, o que difere do pop japonês é suas influências de vários ritmos que vão desde o pop bubblegum ao R&B, passando até pelo rock, o estilo que popularizou a música oriental para todo o mundo.

O K-pop consegue atrair uma grande variedade de pessoas e não se limita aos otakus que curtem a cultura oriental, ele vai mais longe e consegue a cada dia uma legião de fãs e posers, que compartilham sua paixão em várias mídias sociais ( ex : Twitter, Facebook, Youtube…) Quem me influenciou veio com armamento pesado, pois além de chegar com dezenas de dvds de shows ainda pude conhecer os integrantes através de programas onde eles participavam. O grupo em questão era o aclamado DBSK / Dong Bang Shin Ki ( sim era, pois logo depois de me viciar eles se separaram T-T)

DBSK – Terminou mas vale a pena ouvir o som deles.

No entanto, a minha paixão persistiu e através da minha adorada internet pude conhecer uma infinidade de grupos ( meu HD que o diga), como os meninos do SHINee e o exército Super Junior ( 13 membros ~ maior boy band que conheci – apesar de ter maiores) e B2ST (Beast). Logo depois comecei a ouvir as meninas : SNDS (Girls Generation), 2NE1, 4 Minute, f(x) e Miss A.

2ne1 – ( minhas divas *—*)

Nossa, eu não posso deixar de recomendar o grupo que é tudo de bom: Big Bang, que é um dos maiores nomes do k-pop atual, ganhando merecidamente  o prêmio “Artista Global” do EMA do ano passado!! \o/

Big Bang – (meus deuses)

Ah! E o talento não fica somente nos grupos, vários cantores de carreira solo fazem sucesso e despontam nessa onda, como a BoA, Yonha, Se7en, Ajoo, Rain … e assim vai.

Se7en – ( ótimo cantor e dançarino)

BoA ( Rainha do Kpop)

Então por enquanto é isso pessoal! Esse é resumão do que já rolou e o que está rolando nas paradas orientais. É claro que existem mais grupos que se destacam nesse meio, posso ter esquecido de colocar muitos aqui ou até mesmo não conheço todas as bandas e grupos orientais, mas e aí o que você sugere?


Novidades da nossa loja virtual...

Deixe uma resposta

comment-avatar

*