2020 – O Ano em que o Nerd Parou

2020 – O Ano em que o Nerd Parou

Apocalipse Viral

O grupo nerd passou anos se preparando para o ano de 2020, sem saber, foram criados manuais de sobrevivência, debatidos diversos sistemas apocalípticos, detalhes e planejamentos foram feitos, até que o ano da covid-19 chegou. E ela não veio sozinha!

Eu ainda acho que isso é fruto de muito dorime…

Chegou em uma era onde o problema e a solução é a quantidade de informação circulante, que está recorrente e massiva independente de ser fake news, pós verdade, informação real ou opinião, e até quem já tem base prévia na área específica (no caso saúde) pode ser induzido ao erro!

O vírus passou a ser usado para xenofobia gratuita, só aqueles porcos poderiam comer aquele animal (pangolim ou morcego, ecat!), valeu garotão alegre historiador de doenças, a biltre criatura esqueceu das doenças: VACA louca, gripe SUÍNA e gripe AVIÁRIA?

É conveniente mudar o nome da doença e esquecer os animais e locais de surgimento desse mal, para que qualquer doença do tipo seja imediatamente informada aos órgãos internacionais competentes (OMS), realmente, foi aqui que a China começou a deixar a desejar. Com o atraso desse aviso, o mal teve maior chance de se espalhar.

 

Pessoas Morrem

Realmente, demônio da garoa! Pessoas morrem! Mas é justo que a cada dia pela manhã você atire na sua mão com uma pistola revólver de roleta russa com uma munição de glitter e quando você é contemplado com o glitter, na volta para casa os residentes sejam obrigados a testar a roleta russa?

A vida já é uma eterna roleta russa, precisamos de mais uma que não é perfeitamente reconhecida, um risco que não podemos ver, que se amplia sobre nossa forma de relação social?

A importância da limpeza das mãos…

 

Contágio

A forma conhecida de contágio são os fluídos contaminados, o vírus é encontrado na respiração, espirro, cuspe, saliva e se utiliza do rosto como porta de entrada. Abraços, beijos no rosto, afagos, conversas de pé de ouvido e mesmo conversas com menos de DOIS metros de distância são potencialmente perigosas pelo simples motivo que o doente pode NÃO apresentar sintomas numa lacuna de 5 a 15 dias. São 5 a 15 dias que o elemento circulante, sem os cuidados de mãos SEMPRE limpas com água e sabão ou álcool em gel 70% e máscaras (que normalmente não podem ficar no rosto por mais de DUAS horas).

Mortos são fontes potenciais de contaminação, por isso os caixões devem ser lacrados.

Sem remédio efetivo comprovado cientificamente, é garotão, o remédio PRECISA ter comprovação, independente de você fazer oração, gargarejo com romã, beber chá de picão com quebra pedra, gostar de usar drogas ilícitas ou usar remédio sem prescrição médica, quero crer que você usa o remédio indicado para sua enfermidade, mesmo sem estar prescrito (o que é errado, diga-se de passagem, você pode ter outra coisa com sintoma que o remédio afeta e pensar que está fazendo o procedimento correto, pq tu se acha um Greyzanatomi).

Sem vacina, só tem uma certeza, se propaga pela proximidade então a distância retarda e elimina a contaminação, quarentena, afastamento, não é afastamento por horas do dia, é afastamento permanente, com testes para que a redução de contágio seja contabilizada e saibamos com certeza quando não há mais risco ou quando teremos formas efetivas de combate.

 

Os Problemas Comuns do Brasil

Não vou me alongar muito nos problemas, quem conhece é quem passa por isso todo dia a vários anos, quem não conhece precisa de mais que um post pra entender, precisa de um exercício de EMPATIA, falar nela, é o principal sentimento motor contra a covid-19, ela faria entender que apesar de a maioria poder pegar tranquilamente (voltamos aqui para a roleta russa, não se sabe quem realmente morre e o motivo, só se sabe que morre mais quem tem comorbidades, não significa que alguém de “saúde perfeita” não vai morrer, o risco é menor, não inexistente) tem o espaço entre o tempo de contágio e o aparecimento dos sintomas que quem pegou pode ir repassando, num aperto de mão, em uma respirada próxima e até mesmo num bate-papo. Os grandes alavancadores do país são:

Pobreza – sem recursos pra perceber rapidamente ou correr quando for necessário a pessoa pode morrer mesmo que tivesse como ser salva, de uma hora pra outra a condição pode piorar e a falta de recursos ser uma barreira para a busca da cura;

Transporte Público – sempre foi um deus-nos-acuda, gente em cima de gente, levantou o pé não baixa mais, o lugar foi ocupado, pode dormir de pé mesmo, não vai cair! Tem MUITA gente, gente que cabia em 3 ou 4 coletivos daquele, mas que é mais vantajoso para o “dono” entulhar geral e gastar o valor em combustível de uma viagem recebendo o valor de quatro. Lembram do contágio? É isso! Tentaram reduzir a quantidade de transporte sem permitir que a pessoa ficasse sem trabalhar, só entulhou mais gente. O Transporte Público precisa de revisão, pra anteontem!

Saúde – o sistema depende da curva e quantidade de leitos, hoje existe bastante leito voltado para o problema, a quarentena procurou reduzir a subida da curva, aqui o problema é o tempo que a pessoa que apresenta sintoma fica internada, por volta de 20 a 30 dias. É muito tempo de ocupação de leito, caso apareçam outros doentes ou acidentados morrerão sem atendimento ideal. O SUS precisa ser melhorado e muito!

Moradia – residência dos menos abastados é o local aconchegante onde todos pousam, da matriarca da família (muitas vezes em famílias de pais ausentes são elas que levam nas costas toda a responsabilidade de gerência e educação dos membros mais novos) aos netos ou bisnetos a casa tem um ou dois quartos e todos se aglomeram em espaços comuns: sala, banheiro, cozinha. O que impossibilita qualquer tipo de “quarentena vertical“. Lembra da forma de contaminação? Respirar, abraçar, beijar, conversar, pensa nisso entre família, a não ser que a pessoa que vai pra rua ganhar o salário durma no quintal, em algum momento irá se encontrar com os outros membros e se tiver carregando ou contaminado, voltamos pra roleta…

Além

Além de toda a sua vida, temos o País, o sistema e o trabalho, alguns podem colocar como se sua vida dependesse deles, eu vou colocar aqui como se eles dependessem de sua vida, não existe País de mortos, nem sistema sem seres humanos, muito menos trabalho e dinheiro para defunto (alguns podem falar sobre a moeda de Caronte, mas aí é outra história..). A covid revelou uma outra faceta oculta, a relação do homem com o trabalho, bens e serviços produzidos num sistema capitalista onde os meios de produção estão distantes da maior parte das pessoas, sem espaço habitacional, sem terreno para plantio, sem qualquer tipo de sustentabilidade que não a cadeia de suprimentos mercadológica. O nerd parou, o sistema parou, o mundo parou, a alternativa é se arriscar na valsa com a morte. O governo como representante do sistema empurra pessoas para a roleta russa, a empresa governamental não pode parar!

Lembrem-se dos kits de combate ao apocalipse, lembrem-se das formas de combate, de como agir, das ferramentas, da mudança de hábitos, da luta pela sobrevivência do seu grupo, não se esqueça que alguns grupos querem sobreviver mesmo que isso elimine os outros.

Se cuida e se puder, fica em casa!

Quantidade de mortos por covid-19 no Brasil até 03/06/2020 – 31.417 pessoas.

 

Kit Apocalipse covid-19

Distanciamento – Mantenha pelo menos 1 metro de distância entre você e qualquer pessoa que esteja tossindo ou espirrando. Quando alguém tosse ou espirra, pulveriza pequenas gotas líquidas do nariz ou da boca, que podem conter vírus. Se você estiver muito próximo, poderá inspirar as gotículas – inclusive do vírus da COVID-19 se a pessoa que tossir tiver a doença.

Corpo – Lave as mãos com água e sabão ou higienizador à base de álcool para matar vírus que podem estar nas suas mãos; Evite tocar nos olhos, nariz e boca. As mãos tocam muitas superfícies e podem ser infectadas por vírus. Uma vez contaminadas, as mãos podem transferir o vírus para os olhos, nariz ou boca. A partir daí, o vírus pode entrar no corpo da pessoa e deixá-la doente.

Máscara – Um dos principais itens para deslocamento. Deve ser individual, feita em tecido com duas vias. Colocar, usar e tirar (o ideal é a troca a cada 2 horas de uso, podendo ser estendida para 4 horas caso não esteja úmida):

1. A máscara caseira deve ser usada para impedir contaminar e contrair a doença (as médicas devem ser reservadas para os profissionais);
2. Antes de tocar na máscara, limpe as mãos com um higienizador à base de álcool ou água e sabão;
3. Pegue a máscara e verifique se está rasgada ou com buracos;
4. Oriente qual lado é o lado superior e assegure-se que o lado correto da máscara está voltado para fora;
5. Coloque a máscara no seu rosto e ajuste até que cubra seu nariz e cubra sua boca e seu queixo;
6. Após o uso, retire a máscara, pelas presilhas elásticas por trás das orelhas, mantendo a máscara afastada do rosto e das roupas, para evitar tocar nas superfícies potencialmente contaminadas da máscara;
7. Higienize as mãos depois de tocar a máscara – use um higienizador de mãos à base de álcool ou, se estiverem visivelmente sujas, lave as mãos com água e sabão.

Proteção para os Olhos – Óculos ou viseira reduzem a possibilidade de infecção.

Álcool em Gel 70% – Deve ser levado para o uso eventual em substituição da água e sabão na higiene das mãos.

Isolamento – Fique em casa se não se sentir bem. Se você tiver febre, tosse e dificuldade em respirar, procure atendimento médico. Siga as instruções da sua autoridade sanitária nacional ou local, porque elas sempre terão as informações mais atualizadas sobre a situação em sua área; Pessoas doentes devem adiar ou evitar viajar para as áreas afetadas por coronavírus. Áreas afetadas são países, áreas, províncias ou cidades onde há transmissão contínua – não áreas com apenas casos importados; Os viajantes que retornam das áreas afetadas devem monitorar seus sintomas por 14 dias e seguir os protocolos nacionais dos países receptores; e se ocorrerem sintomas, devem entrar em contato com um médico e informar sobre o histórico de viagem e os sintomas.

 

Faça a feira sem sair de casa

Faça suas compras com segurança


Novidades da nossa loja virtual...

Deixe uma resposta

comment-avatar

*