Maratona Planeta dos Macacos – O que achei dos 5 filmes antigos com comparações e curiosidades

Vocês já sabem que eu sou apaixonada pela saga. Na semana passada ganhei o box com  7 filmes mais os DVDs da série que teve 14 episódios. Nesse post vou contar pra vocês sobre os filmes e fazer comparações com os mais atuais, e acreditem, existem muitas comparações.

Vou separar esse post em tópicos com sinopse de cada filme e pontos importantes pra que a gente entenda toda a saga Planeta dos Macacos.

Ao todo são 5 filmes antigos, e pra quem não sabe um é a continuação do outro. Todos tem ganchos incríveis, quando você assiste um você logo quer assistir o outro. Hoje falaremos dos seguintes filmes: O Planeta dos Macacos, De volta ao planeta dos macacos, A Fuga do Planeta dos Macacos, Conquista do Planeta dos Macacos e A Batalha no Planeta dos Macacos.

1º Filme – O Planeta dos Macacos

Ano de lançamento: 1968

Sinopse: George Taylor (Charlton Heston), um astronauta americano, viaja por séculos em estado de hibernação. Ao acordar, ele e seus companheiros se veem em um planeta dominado por macacos, no qual os humanos são tratados como escravos e nem mesmo tem o dom da fala. O ano é  3955 D.C.

5Cornelius, Zira e Taylor

Uma obra de arte inesquecível!

Um filme realmente incrível e cativante. Nele conhecemos Zira e Cornelius, personagens que fazem parte do centro da história em vários filmes.  Zira é psiquiatra, ela examina o cérebro dos humanos capturados, pois desconfia que os macacos são descendentes dos homens, teoria combatida pelo Doutor Zaius, chefe da religião e da ciência da comunidade símia. Taylor (o astronauta) foi capturado por eles, porém devido a um ferimento no pescoço ainda num pode falar. Zira é mulher de Cornelius o arqueólogo. Ambos ajudam Taylor em diversas ocasiões, pois Zaius o persegue por medo, ele sabe sobre o passado e o que os humanos fizeram ao planeta.

Após começar a falar Taylor convence Zira e Cornelius a fugir para comprovar a teoria sobre os humanos. Cornelius que já foi a zona proibida (e depois descobrimos o porque dela ser proibida) para fazer pesquisas, os leva até o que descobriu.

Ainda não citei a Nova, uma humana que foi presa junto a Taylor no inicio do filme, assim como os outros humanos ela não fala, ela participa dos 2 primeiros filmes. Nova também foge com Taylor, Zira e Cornelius. Para resumir o final e chegar a um ponto marcante do filme, temos Taylor, Zira, Cornelius e Zaius em uma caverna na zona proibida, onde Cornelius achou uma ossada diferente da dos macacos e muito antiga, assim como uma boneca com feições humanas. Para Zaius isso não quer dizer nada, porém Nova mexe na boneca e ela fala MAMÃE. Pois é, de arrepiar. Com isso fica comprovado que os humanos existiam e falavam muito antes dos símios.

Planeta-dos-Macacos-2Taylor e Zira se beijam na despedida. (Cornelius, abre teu olho!)

Enfim Zaius deixa Taylor e Nova irem embora em paz. E no final Taylor ao ver a cabeça da estátua da liberdade descobre que sempre esteve no Planeta Terra e não em outro planeta próximo como pensava no inicio do filme. Taylor se ajoelha e grita, O que vocês fizeram, seus desgraçados!!! Se referindo aos humanos que praticamente  acabaram com a raça. A cena final do filme é antológica e marcou a história do cinema sendo o filme considerado um libelo anti Guerra Fria.

Comparações: Esse filme se compara ao remake Planeta dos Macacos de 2001, estrelado por Mark Wahlberg. Na minha opinião o remake inicialmente é bom, porém se perde no final pois quiseram pegar elementos do segundo filme “De Volta ao Planeta dos Macacos“, onde existe guerra e explosão. Enfim, assistam a versão de 1968 pois é infinitamente melhor.

2º Filme – De volta ao Planeta dos Macacos

Ano de lançamento: 1970

Sinopse: Tentando resgatar Taylor (Charlton Heston), que desapareceu na missão anterior, Brent (James Franciscus), um outro astronauta, atravessa uma fenda do tempo e chega até 3955 D.C. Porém sua nave se espatifa no mesmo planeta em que Taylor desapareceu. Ao ir para a Zona Proibida, Brent gradativamente vê que aquilo são os escombros de Nova York. Paralelamente os símios resolvem atacar a Zona Proibida, que Brent ao explorar descobre uma raça de mutantes, que se comunicam telepaticamente e que adoram uma bomba atômica, que é capaz de destruir a Terra inteira.

2Humanos mutantes sem máscara

Humanos viraram mutantes!

Só lendo a sinopse vocês já podem imaginar a doideira que é esse filme, eu particularmente achei esse o pior da saga. Primeiro pelo astronauta que foi parar no mesmo ano, planeta e local que o astronauta do filme anterior. Se fosse assim podíamos popular o planeta dos macacos com humanos falantes novamente, é só ir enviando eles aos poucos em naves espaciais.

4Brent sendo capturado pelos humanos-mutantes

Brent encontra Nova perambulando com o cordão de Taylor, e pede que o leve até ele. Taylor desaparece no inicio do filme, tipo ele some do nada mesmo, fica invisível, a gente não entende nada no inicio. Antes de sumir ele diz para Nova procurar Zira caso aconteça algo. Sendo assim Nova leva Brent até Zira e Cornelius, sim o casal de macacos do filme anterior. E claro eles ajudam Brent e Nova. Que ao pegar um mapa seguem para a zona proibida. Lá os dois se escondem em uma caverna que faz sons estranhos. Brent segue o som e ai a loucura começa. Lá existem mutantes, com máscaras de feições humanas que entram na sua mente, buaaaaaa, dá medo mesmo. Os caras veneram uma bomba, eles fazem orações pra bomba, existe uma igreja onde a bomba é tipo Deus. Enfim, uma loucura que até o 5º filme nós não entendemos.

3

O medo dos humanos mutantes são os macacos, é claro, por isso prendem Taylor, Brent e Nova para que eles falem o que os macacos estão planejando. Mas os macacos já estão entrando na caverna para iniciar a guerra e ai matam Nova,  Taylor e Brent fogem e atiram em Taylor, que morre e Brent explode a BOMBA ATÔMICA! E acabou o planeta dos macacos! e Zás. Assim termina o segundo filme :)

Ai você imagina, o que pode acontecer agora que explodiram o planeta dos Macacos? Descubram no 3º filme.

Comparações: Esse filme não se compara a nada. Como eu disse no tópico anterior, nele tem guerra e explosões, que também foram retratadas no remake de 2001, mas são totalmente diferentes. O De volta ao Planeta dos Macacos é melhor compreendido do 5º filme.

3º Filme – A Fuga do Planeta dos Macacos

Ano de lançamento: 1971

Sinopse: Dois cientistas símios, Cornelius (Roddy McDowell) e Zira (Kim Hnter) – na verdade havia mais um, Milo (Sal Mineo), que morreu acidentalmente – retornam no tempo e chegam no século XX, em Los Angeles. Quando eles revelam sua habilidade para falar primeiramente são tratados com curiosidade, mas depois como uma grande ameaça, quando o governo crê na história que a Terra será dominada por chimpanzés e assim tenta evitar o nascimento do bebê de Zira.

43zuspcy5g5cwzakf38922yb4Cornelius e Zira chegando ao século XX

Visitantes do futuro!

Zira e Cornelius suspeitaram do que iria acontecer na terra, consertaram a nave de Brent para fugir e foram parar no século XX. Respira fundo gente!

Imaginem macacos super evoluídos, que falam, saindo de uma nave nos dias atuais. Inicialmente eles ficam calados, mas Zira não se aguenta muito tempo e começa a tagarelar. O filme é incrível pois temos a curiosidade do que vai acontecer com o casal. Inicialmente ele se tornam atração, ficam famosos. Mas Zira abre a boca e começa a falar do passado/futuro da terra. Eles se tornam uma ameaça, mas tem uma dupla de médicos para ajuda-los a fugir. Zira grávida passa por muitos apuros junto com seu marido Cornelius.

6Zira e Cornelius sendo entrevistados

7Cornelius fica famoso

Agora imaginem, se o passado interfere no futuro, será que os macacos se tornaram evoluídos pois no passado existiu um casal evoluído na terra? Será que eles foram o inicio da revolução? Muitas discussões envolvem a saga a partir desse filme. Convido vocês pra discutir nos comentários.

Ponto importante: Zira conta aos humanos como foi a evolução dos macacos. Ela diz que existiu uma praga que exterminou os animais domésticos como cachorros e gatos. Assim os humanos encontraram nos macacos (imunes ao vírus) novos animais domésticos. Porém por serem inteligentes os macacos aprenderam muita coisa com os humanos e começaram a servi-los como escravos. Foram escravizados por muitos anos até que existiu um macaco que os libertou.

Final surpreendente: Como eu disse Zira estava grávida, o dono de um circo local aceita ajuda-los e lá ela tem o bebe. Ao serem descobertos Zira troca os bebes com uma Chimpanzé do circo e foge com Cornelius. Infelizmente o governo encontra os dois e o bebe em uma caçada emocionante e os mata. Todos os 3 são mortos e a gente chora! Mas sabem aquele bebe chimpanzé do circo? Ele tá vivo e será o macaco evoluído Caesar, isso mesmo! Essa é a origem de Caesar.

Comparações: Nesse filme também não temos muitas comparações. Apenas a história de Zira que pode ser comparada a revolução feita por Caesar em a Origem de 2011.

4º Filme – A Conquista do Planeta dos Macacos

Ano de lançamento: 1972

Sinopse: Uma praga exterminou os cães e os gatos da face da Terra, o que fez com que os macacos se tornassem animais de estimação. Eles são tratados como escravos, o que revolta Caesar (Roddy McDowell), o filho de Cornelius e Zira, que perdeu os pais ainda cedo e foi criado pelo dono de um circo. Ele passa a liderar uma rebelião dos macacos contra os humanos.

conquest-2Caesar liderando os macacos

A Revolução de Caesar!

18 anos após o terceiro filme, anos de 1991, Armando (o dono do circo) criou Caesar, filho do Dr. Cornelius e da Dra. Zira, e mostra a ele a terrível verdade: os macacos são escravos usados para serviços minoritários, como fazer as compras, servir mesas ou fazer faxina, e não têm respeito nem direitos assegurados. Os macacos já sabem fazer diversos serviços para os humanos, porém ainda não falam. Caesar fica muito Irritado ao ver um macaco sendo maltratado por policiais e acaba falando. Armando, com a intenção de proteger Caesar, se entrega como responsável pelo ato, e é levado para ser interrogado. Enquanto isso, Caesar é integrado ao sistema e vendido a MacDonald (humano que ajuda Caesar) como um macaco comum. Caesar aos poucos vira o líder dos macacos e planejam uma rebelião. MacDonald percebe que Caesar é diferente e resolve ajuda-lo quando é descoberto.

8Armando e Caesar

Vamos voltar um pouquinho pro início do filme, não falei ainda de Lisa. Lisa é uma chimpanzé que chama a atenção de Caesar e por acaso ele foi escolhido para procriar junto com ela, safadinho…rsrs… Lisa é importante no final do filme pois é o primeiro macaco a falar além de Caesar. E adivinhem o que ela fala? Continuem lendo…

lisa3Lisa, namorada de Caesar

Caesar junto com os outros macacos planejam tudo e começa a guerra. Muitas cenas do filme foram cortadas devido a classificação etária, então eu aconselho a vocês buscarem a versão sem cortes quando forem assistir. Ao final da batalha após matar todos os soldados, Caesar e os macacos sobem ao posto de comando do prédio e mata mais humanos. MacDonald é salvo por Caesar pois o deve gratidão.  Caesar então captura um dos poderosos, o cara que mandou o matarem. Mas Caesar escolhe não fazer o mesmo convencido por MacDonald e Lisa. Lisa é o primeiro macacos a falar, e fala a palavra “não”. Essa é a palavra que os macacos mais conhecem, pois é com ela que os macacos foram disciplinados pelos humanos. Lembraram de alguma coisa? Vamos então as comparações.

conquest-of-the-planet-of-the-apes00074-660x280Caesar planejando o ataque

Nesse filme o que mais existem são comparações. A ideia do filme é a mesma da versão A Origem de 2011, porém executados de forma totalmente diferente.

Comparações: Em A Origem acompanhamos todo o crescimento de Caesar, já neste filme conhecemos Caesar já adulto. Em ambos os filmes ele foi criado por um humano, por isso ele conhece o lado bom dos humanos, assim como o Caesar de 2011 e diferente de todos os outros macacos dos 2 filmes. Em A Conquista os macacos foram escravizados, em A Origem foram usados em laboratório. Ambos foram ensinados a odiarem os humanos. E Caesar foi responsável pela revolução nos 2 filmes. No filme de 72 foi Lisa a responsável por falar a primeira palavra, já em 2011 foi Caesar. O que torna “A Conquista” mais coerente é a evolução até chegar nesse ponto, o que não ocorreu em A Origem, que tornou Caesar inteligente devido a um experimento criado por seu dono.

14Caesar 2011 e Caesar 1972

15Will em 2011, Armando em 1972 (donos de Ceasar)

O que torna “A Origem” interessante é o comportamento de Caesar, ele é diferente do Caesar de 72. Em 2011 e 2014 temos um Caesar muito mais cativante.

5º Filme – A Batalha do Planeta dos Macacos

Ano de lançamento: 1973

Sinopse: Após derrotar os humanos opressores, Caesar (Roddy MacDowall) precisa agora manter a paz entre homens e macacos. Só que o general Aldo (Claude Atkins) vê a situação de uma maneira diferente, o que provoca um guerra civil entre os macacos. Paralelamente, alguns humanos sobreviventes descobrem como entrar na cidade dos macacos e elaboram um meio de retomar o controle do planeta.

Se você ainda não assistiu Planeta dos Macacos: O Confronto, fique atendo nos alertas de spoiler.

11MacDonald e Caesar

Macaco não mata macaco!

Gente, como essa saga é incrível e como as adaptações são bem feitas. Eles pegaram os melhores elementos dos filmes para implantar nas novas histórias de forma perfeita.

Nesse filme, como a sinopse já diz, temos paz entre macacos e humanos, os humanos sobreviventes acabaram se tornando empregados dos macacos, temos professores, médicos e etc. Mas Ceasar queria conhecer mais sobre sua história, e incentivado por MacDonald retornaram a cidade dos humanos (a futura terra proibida do primeiro filme). Lá encontraram hostilidade com humanos que sobreviveram e estão refugiados no prédio do governo. Neste mesmo prédio encontram-se fitas com os depoimentos de seus pais Zira e Cornelius. Ele então entendeu parte de sua história, como tudo começou.

Conseguem sair do prédio vivos e voltam a aldeia. Caesar faz uma reunião para contar que foi até a cidade e encontrou humanos hostis. Imediatamente Aldo quer guerra. Aldo é um gorila que odeia os humanos, mas não só os humanos. Aldo tem inveja do poder de Caesar e faz de tudo para prejudica-lo.

10General Aldo

Lisa e Caesar já tiveram seu filho (lembra que ela ficou grávida no filme anterior?) e ele aparenta ter uns 7 anos. O filho dos dois se chama Cornelius em homenagem a seu pai. Cornelius acidentalmente ouve Aldo planejando contra Caesar. Aldo acaba provocando um acidente e Cornelius fica entre a vida e a morte, desestabilizando Caesar completamente. Enquanto isso Aldo tinha o poder e liderava a guerra contra os humanos da cidade.

12Macaco não mata macaco, se aprendia na escola desde pequeno.

E esses humanos hein, lembram que eu disse que no 5º filme nós entenderíamos melhor o ? Os humanos hostis sobreviventes lembram muito os humanos mutantes que aparecem em “De Volta ao Planeta dos Macacos”. Seriam eles a evolução dos humanos que sobreviveram milhares de anos?

(Alerta Spoiler)

Comparações: Não tem como comparar esse filme sem dar spoiler de “O Confronto” de 2014. Aldo seria o Koba dos dias atuais, ambos foram maltratados por humanos, mas o que desejavam mesmo era ter o poder de Caesar. Nos 2 filmes eles conseguem, mas no final a batalha acaba sendo entre os próprios macacos contra Aldo e Koba. A reflexão é a mesma e a frase “Macaco não mata macaco” é enfatizada em ambos os filme e destruída com a morte deles nos 2 filmes, pois em ambos é Caesar o responsável por sua morte.

16Koba 2014 e Aldo 1972

(Alerta Spoiler)

Curiosidades

Planeta dos Macacos – 1968

- O Oscar especial dado a John Chambers aconteceu porque na época o Oscar não tinha entre suas categorias a de melhor maquiagem. Assim sendo, como forma de reconhecimento pelo trabalho feito em O Planeta dos Macacos nesta área, resolveu-se por dar a Chambers um Oscar honorário;

- O Ator que iria fazer o papel do Dr. Zaius teve um ataque cardiaco antes do inicio das filmagens e abandonou o papel.

De Volta do Planeta dos Macacos – 1970

- Inicialmente o título original do filme seria “Planet of the Apes Revisited”;

- Don Medford seria o diretor de De Volta ao Planeta dos Macacos, mas abandonou o projeto após o orçamento do filme ser reduzido;

- Charlton Heston esteve relutante para interpretar mais uma vez o personagem George Taylor, tendo apenas concordado com a exigência de que as filmagens durassem apenas duas semanas;

- É o único dos cinco filmes da série que não é estrelado por Roddy McDowell, que não pôde participar por já estar comprometido com outro filme;

- Trata-se da 1ª aparição de Natalie Trendy na série. Trendy foi a única integrante do elenco a interpretar uma humana e um macaco nos filmes da série;

A Fuga do Planeta dos Macacos – 1971

- Sal Mineo sentiu-se desconfortável com a maquiagem de seu personagem, o dr. Milo. Desta forma o roteiro foi reescrito para que seu personagem morresse antes na trama;

- O vilão deste filme, Dr. Hasslein, é brevemente mencionado no início dos filmes anteriores da série;

- A praga que exterminou todos os cães e gatos e que levou à prisão de todos os macacos é mencionada pela 1ª vez neste filme;

Conquista do Planeta dos Macacos – 1972

- A Conquista do Planeta dos Macacos traz a primeira aparição de Natalie Trundy como macaca. Nos filmes anteriores ela foi vista como humana;

- A cena da batalha final sofreu cortes da 20th Century Fox, devido à violência. A intenção era obter uma censura mais branda para o filme;

- A versão em Blu-Ray, lançada em 2008, traz tanto a versão exibida nos cinemas quanto uma não censurada, com os créditos de abertura e o final diferentes;

Batalha do Planeta dos Macacos

- As cenas da Cidade dos Macacos foram rodadas em Fox Ranch, atualmente chamado Malibu State Park;

- A CBS cortou 14 minutos do filme para exibi-lo em 1975;

- Ao ser lançado em vídeo, A Batalha do Planeta dos Macacos teve cortadas todas as cenas com a atriz France Nuyen. Na versão em DVD estas cenas estão disponíveis nos bônus;

- Roddy MacDowall também participou da série de TV Planet of the Apes, exibida em 1974. Ele foi o único ator a dar voz a três personagens distintos: Cornelius, seu filho Caesar e Galen, na série de TV;

Outros

- Dr. Zaius foi interpretado no 1º filme por Maurice Evans. Seria uma coincidência ou homenagem existir uma também orangotango com esse mesmo nome em A Origem e O Confronto.

Vou fechar essa postagem com uma fala marcante dita por Dr. Zaius no 1º filme da saga

Então responda-me isso. Se o homem era superior, então por que não conseguiu sobreviver?

O que eu sei do homem foi escrito a muito tempo e escondido pelo maior de todos os macacos “O legislador”.

1º escrito, 6º verso – Cuidado com o homem pois ele é o peão do demônio. O único entre os primatas de Deus que mata por esporte, cobiça ou avareza.  Sim, ele matará seu irmão para possumir sua terra. Não o deixe nascer em grande número, pois ele irá transformar sua casa e a de vocês num grande deserto. Evite-o! Dirija-o até sua toca na selva, pois ele é o presságio da morte.

battle8

Hoje é #PotterDay – Participe do sorteio do Colar Vira tempo da Hermione, oferecido pela #lojaquartogeek

Oi gentee!!! Hoje é um dia muito especial para os Potter Heads. Hoje é aniversário da JK. Rowling e do Harry.

Pra comemorar vamos o sorteio de 2 colares Vira Tempo oferecidos pela nossa loja virtual.

Você pode participar pelo Twitter ou Facebook. Será feito 1 sorteio por plataforma.

(Paga validar sua participação compartilhe no face ou dê RT no Twitter)

CLIQUE AQUI PARA PARTICIPAR

Aproveite também as promoções dos itens de Harry Potter lá na Loja Quarto Geek

harry-potter-pendrive_loja_quarto_geek

Lançado o 1º trailer de “O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos”

A Warner Bros lançou o primeiro de O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos. O filme é o capitulo final da trilogia de Peter Jackson. Este é o trailer que foi lançado sábado na Comic-Con, é bem interessante pois puxa bastante para O Senhor dos Anéis, usando “O Regente de Gondor“, que foi cantada por Pippin (Billy Boyd ) em “O Retorno do Rei“. A canção ainda funciona aqui, porque é triste e sombria.

Assista o trailer completo:

Confira também o novo poster lançado:

poster-hobbit-batalha-5-exercitos

[Comic-Con 2014] Saiu novo trailer da série “Constantine”. Confira!

A NBC lançou na San Diego Comic-Con um novo trailer da série Constantine, muito melhor que o anterior. Nesse temos uma previa do que vem por ai no episódio piloto.

“Baseado na popular série em quadrinhos “Hellblazer” da DC Comics, o experiente caçador de demônios e mestre do oculto John Constantine (Matt Ryan) é um especialista em levar o inferno…ao inferno. Armado com um conhecimento das artes sombrias e um humor perversamente impertinente, ele luta pelo bem – ou lutava. Com sua alma já condenada ao inferno, ele decide deixar sua vida de bondades, mas quando demônios capturam Liv (Lucy Griffiths), a filha de um dos amigos mais antigos de Constantine, ele é empurrado de volta para a briga – e fará de tudo para salvá-la. Em pouco tempo é revelado que a ‘segunda visão’ de Liv – sua habilidade de ver mundos além do nosso mundo e prever ocorrências sobrenaturais – é uma ameaça para um misterioso novo mal que está se erguendo das sombras. Agora, não é só Liv que precisa de proteção; os anjos estão começando a ficar preocupados também. Então, juntos, Constantine e Liv precisam usar os poderes dela e as habilidades dele para viajar pelo país, encontrar os demônios que ameaçam nosso mundo e enviá-los de volta ao lugar que pertencem. Depois disso, quem sabe…talvez exista esperança para ele e sua alma”.

Série começa a ser exibida na NBC em 24 de outubro.

Saiu o primeiro e incrível trailer de “Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1″

Finalmente!!! Saiu o trailer mais aguardado por mim do ano.

Em ” A Esperança”, após sobreviver por duas vezes aos Jogos Vorazes, Katniss (Jennifer Lawrence) servirá como símbolo de uma revolução iniciada no Distrito 13. Além de ter que manter sua imagem de ícone, ela ainda precisa se preocupar em defender sua família no meio da guerra.

Assista:

“Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1? estreia no Brasil, antes de todo o mundo, no dia 20 de novembro.

jogos-vorazes-esperanca-1